Loading...

terça-feira, 9 de junho de 2015

A CRUZ FOI BLASFEMADA PELO LGBT


É um absurdo o que fez essa Parada Gay devassa, nesse domingo, quando uma mulher ficou numa cruz, nua, simbolizando Jesus crucificado, como se eles fossem inocentes como Jesus, santo como Jesus, profanando o nome de Deus.

O interessante é que eles dizem que nós, evangélicos, somos intransigentes, não respeitamos a eles, e os direitos humanos. Mas o que eles querem que façamos? Que neguemos nossa fé? Se a Bíblia condena isso, tanto no Velho como no Novo Testamento, como vamos dar valor a isso, se a Palavra de Deus diz que é pecado, e, se nós, como cristãos, apoiarmos isso, estaremos negando nossa fé? Se eles querem respeito, respeitem a nós, o Cristianismo, principalmente! Não podem exigir respeito se não respeitam os outros. Eu, como cristão, protesto contra isso. Acredito que o homossexualismo é uma perversão moral, a mais baixa perversão moral, quando um homem vai contra a sua própria natureza, e da mesma forma, as mulheres, ficando com suas amigas, do mesmo sexo. Se a Bíblia diz que é perversão, é perversão e não tem como dar outro nome a isso.
É por isso que a Rússia está lutando contra o homossexualismo, não deixando que lá façam isso. Por que não vão para lá fazer isso, para o governo reprimir com severidade. Lá não é como o Brasil, que prostitui as próprias leis para apoiar a essa minoria, a "Suástica Rosa", como escreveu um pastor americano, falando contra esse movimento miserável apoiado pelos EUA. Vão a para os países muçulmanos, se não morrem na hora!Não são valentes? Façam isso lá então! Essa nação está prostituída por causa de Obama e seus outros líderes, e até a própria ONU! Não podemos, como cristãos, ficar calados, precisamos revidar, pois é nossa fé que está correndo perigo, a fé cristão, o conjunto de doutrinas, tendo como fundamento Jesus Cristo e os profetas, e os próprios apóstolos. Judas escreveu, em seu livro, que precisamos lutar pela "fé que uma vez foi dado aois santos".
A cruz de Cristo foi desrespeitada. Nós somos servos de Cristo, precisamos lutar e proclamar que o evangelho é poder de Deus, que Deus fez homem e mulher, que o que eles fazem é perversão moral, que não pode ser aceito pela igreja de Cristo. Não somos obrigados a aplaudir isso. Gostamos do que quisermos gostar, ensinamos o que quisermos ensinar às nossas crianças, e não vamos nunca nos curvar diante disso, como eles querem. Somos de Deus, e não vamos retroceder por causa da mente cheia de toda espécie de imundície desses homossexuais, pedófilos imorais, que querem desestabilizar a família, coisa que Deus instituiu. Não têm esse direito, nem vamos aceitar isso jamais. Nossa cabeça estará firme contra isso, contra toda artimanha do diabo, e contra toda potestade das trevas, como bem falou Paulo aos Efésios. Não pensem, Luis Mott, Jean William, e o LGBT, ou quem quer que seja, e sua turma, que a igreja vai se curvar a isso. Acreditamos na família, em Deus, e ele estará do nosso lado. Nunca nos curvaremos diante de vocês, pois o inferno nao vai prevalecer contra a igreja de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário