Loading...

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

AS MULHERES QUE TRAÍRAM DEUS


Uma das maiores alegorias da Bíblia, está no capítulo 16 de Ezequiel, onde as cidades de Jerusalém e Samaria são mostradas como se fossem duas mulheres adúlteras, Oolá e Oolibá, as quais pecavam contra Deus, adulterando com os ídolos de outras nações, sendo Deus seu marido.
Deus usa figuras como as mais variadas partes do corpo das mulheres, e os ídolos das nações, seus Amantes, acariciando elas, tipificando Deus, o marido traído, sendo enganado por elas, duas mulheres casadas.
Mas Ezequiel não foi o primeiro. Jeremias, no capítulo 3, também faz referência a Jerusalem como uma mulher prostituída, indo em busca de vários amantes. Embora o marido, normalmente, não quisesse, Deus diz que, mesmo sendo traído, quer ter Jerusalém de volta, apesar de ter se deitado com vários amantes, como Baal, Amom, e outros deuses, traindo espiritualmente a Deus. Mas Oseias, no capítulo primeiro, também diz que Samaria, na figura de uma mulher adúltera, teve seuis peitos apertados, ou seja, traiu a Deus, seu marido:

Estas se prostituíram no Egito; prostituíram-se na sua mocidade; ali foram apertados os seus seios, e ali foram apalpados os seios da sua virgindade. Ezequiel 23:3.
E as suas prostituições, que trouxe do Egito, não as deixou; porque com ela se deitaram na sua mocidade, e eles apalparam os seios da sua virgindade, e derramaram sobre ela a sua impudicícia. Ezequiel 23:8;
Contendei com vossa mãe, contendei, porque ela não é minha mulher, e eu não sou seu marido; e desvie ela as suas prostituições da sua vista e os seus adultérios de entre os seus seios (Oseias 2.2)
Essas duas irmãs, segundo o profeta Ezequiel, eram insaciáveis, e não tinha só um amante, mas vários, e mesmo assim , o marido, Deus, quis ficar com elas.Mas não quiseram, e o resultado foi muito sofrimento e desprezo, tanto de Deus, quando de todos os seus amantes.E grande foi sua queda.
Que Deus nos guarde de trairmos ele, pois somos sua noiva, como igreja.Fiquemos imaculada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário